Review | Calypso Facial Sun - Porectition Crem SPF30


Bom dia meninas!
Como estes dias têm estado solarengos, decidi trazer a review de um protector solar para o rosto. Nada mais apropriado certo?

Comprei este protector o ano passado, quando cheguei ao Algarve para a minha semana de férias, nos fins de julho. O meu protector solar de corpo acabou e la fui eu procura do substituto. Acabei por encontrar numa lojinha à beira da praia protectores solares bem acessiveis. E ao lado dos produtos de corpo estavam os produtos de rosto.



  • O protector solar Calypso é da empresa inglesa Linco Care.
  • Tem 50 ml e custou cerca de 6/7€ numa lojinha em Portimão. Em Coimbra apenas o emcontrei na loja De Borla, contudo com um preço um pouco mais elevado (1/2€ de diferença).
  • Existe nas versões de SPF 30 e 50.
  • Tem protecção UVA e UVB e promete proteger a pele contra as queimaduras solares.
  • Além disso afirma ter um poder hidratante para proteger também da perda de óleos naturais da pele derivados do sol, vendo e água.
  • A sua validade depois de aberto é de 12 meses. 
  • A embalagem é muito simples: branca, em forma de bisnaga, com umas letras em laranja e cinzento.
  • A abertura é um pouco larga mas devido à consistencia do produto, conseguimos controlar muito bem o que sai do tubo, sem haver desperdicios.
  • O creme é um pouco espesso, mas isso deve-se a ser concentrado.
  • Outra caracteristica importante é o cheiro. Tem um aroma bem presente de côco. Ainda assim não me irritou nada a pele (que tem acne, é sensivel e reactiva). O cheiro acaba por desaparecer, mas permanece na pele cerca de 1h. Mas, e vocês não forem mesmo cheirar a pele nem se nota!

  • Embora a sua textura seja mais grossinha, ele é super fácil de ser espalhado e não deixa a pele oleosa. Pelo contrário, fica super sequinho.
  • Ele seca extremamente rápido. Não é daqueles cremes que vocês ficam 5 minutos a massajá-lo. Eu espalho-o em pontinhos na testa, maças no rosto, nariz e queixo. Começo a espalhar nas bochechas e por último na testa. Se no fim quiser passar a mão nas bochechas elas já estão secas!
  • Além disto tudo, ele não fica branco na pele. (O meu novo protector, da Uriage, deixa a pele esbranquiçada quanto o aplico)

  • A pele fica muito sequinha durante muito tempo. 
  • Além de seca, fica suave e com uma aparência bonita.


  • Uso este protector diariamente antes da base. Como ja hidrata não sinto necessidade de passar um hidratante antes. Contudo já o usei em conjunto com o Pure Active da Garnier e pelo facto do creme ser muito, muito fininho, funcionou perfeitamente.
  • O cheiro é algo que pode ser um ponto negativo. Contudo eu não me importo e até gosto muito dele. Como não me irrita a pele, não tenho nada contra.
  • Recentemente comprei um outro protector solar para o substituir. Comprei o Hyésac da Uriage por ter um SPF50 e prometer hidatar e matificar. Digo-vos, honestamente, que o Calypso matifica 50 vezes melhor. 
  • O preço é super acessivel embora não seja fácil de encontrá-lo a venda. Se este ano voltar ao Algarve, vou trazer comigo mais uma ou duas embalagens dele.
  • Por último digo que vale muito a pena. Eu uso-o todos os dias, não noto oleosidade, borbulhas provocadas por ele, qualquer tipo de alergia... nada! Além disso as minhas manchas de acne estão mais claras.